Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo e prefeitura de Mari distribuem mudas de caju para recuperar cultura

Notícias

Governo e prefeitura de Mari distribuem mudas de caju para recuperar cultura

O município de Mari, Agreste paraibano, aderiu ao Programa de Revitalização do Caju na Paraíba, com a entrega de 10 mil mudas a 50 agricultores familiares assistidos pela Emater. A proposta do Governo do Estado é aproveitar regiões com potencial para esta cultura e implantá-la, numa ação da chamada Gestão Unificada (que reúne Emepa, Interpa, Emater), a partir de convênios com prefeituras municipais.

DSC_1663.JPGA entrega das primeiras mudas em Mari aconteceu na quinta-feira (20), nos Assentamentos Tiradentes e Zumbi dos Palmares, onde foi iniciado o plantio. Na ocasião, o presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Moreno Magalhães, lembrou que o programa de revitalização da cultura do caju na Paraíba faz parte de uma estratégica de geração de oportunidades de renda para as famílias agricultoras.

A Emepa produz as mudas na Estação Experimental Cientista José Irineu Cabral, em João Pessoa, e repassa aos destinatários selecionados entre os que manifestam vontade de plantar caju. A Emater fica encarregada de prestar a assistência técnica, em todas as fases da cultura.

DSC_1604.JPGNivaldo Magalhães lembrou que o programa foi lançado no começo do ano, em Bernardino Batista, no Sertão. Outros municípios já manifestaram o desejo de iniciar a recuperação desta cultura, a exemplo de Picuí que, na quinta-feira passada enviou a Mari o secretário de Agricultura, Valdir Dantas de Santos, e o técnico da Emater, Adalberto Rosas.

Para agregar valor à cultura do caju, que tem mercado garantido para castanha e suco, o presidente da Gestão Unificada determinou que a Emepa também procedesse com pesquisa sobre o cultivo de pimenta-do-reino junto ao plantio de caju, a partir da instalação de uma unidade de produção de mudas desta cultura.

DSC_1610.JPGO prefeito Antonio Gomes lembra que, no passado, havia muitos cajueiro no município, no entanto, nas últimas décadas a cultura foi sendo substituída por outras atividades agrícolas. Disse que uma das metas de sua administração é recuperar essa cultura: “A castanha do caju é, para nós, uma espécie de ouro, porque tem mercado garantido”, disse.

Presente ao evento, o secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado, deputado Raoni Mendes disse que o Governo do Estado está dando apoio a essa atividade e que também se preocupa com o processamento da produção. Para viabilizar essa iniciativa, está buscando a parceria da Fiep, a qual ‘já marcou reunião no sentido de debater a implantação de pequenas unidades de beneficiamento, nos municípios produtores de caju.

DSC_1623.JPGO secretário do Desenvolvimento Econômico e Agrário do Município, Severino Ramos do Nascimento, disse que a parceria com a Gestão Unificada é importante para Mari e que o governo estadual tem sido um parceiro na busca de ações.

O agricultor Luis Augusto Trindade, do Assentamento Tiradentes, disser que as mudas atenderam ao seu desejo de voltar a plantar caju. Ele disse que tem estimulado outras pessoas a aderirem ao projeto: “Estamos contentes. Plantar caju é muito bom porque a castanha tem comprador”, disse.     

Voltar para o topo
Gestão Unificada - A Gestão Unificada, integrada pela Emepa-PB, Interpa-PB e Emater-PB