Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo promove expansão de culturas do caju e maracujá na Paraíba

Notícias

Governo promove expansão de culturas do caju e maracujá na Paraíba

Agricultores familiares do município de Picuí, integrantes do Projeto Ecoprodutivo, receberam, na manhã desta terça-feira (7), 4.500 mudas de maracujá. A ação faz parte da proposta do Governo do Estado de expandir a fruticultura com foco na geração de posto de trabalho e renda na agricultura familiar.

Os agricultores contemplados foram Maria de Fátima da Silva, Pedro José Bernardino Cruz, José Adriano Rocha de Medeiros, Luan Silva Costa, Adilson Praieiro da Silva, Ivanilda Santos da Silva e Lucivaldo Estrela da Costa, todos moradores da comunidade Mato Grosso dos Paulinos, onde está instalado o Projeto Ecoprodutivo, que beneficia 156 pessoas, com ações como piscicultura, fruticultura, caprinocultura, produção de hortaliças, dentre outras atividades.

maracujá2 07-02.jpgEntusiasmada com o Ecoprodutivo, a presidente da associação, Ivanilda Amparo, disse estar muito feliz com os avanços das ações do projeto, que está garantido trabalho e renda para os associados. “Estamos confiantes e apostando nesse projeto porque contamos com o apoio do Governo, por meio da Emepa e da Emater, que estão garantindo uma assistência técnica continuada”, enfatizou.

Ela explicou que o entusiasmo dos agricultores em relação ao projeto reside nas atividades executadas no dia a dia, além de outros incentivos, como cursos de capacitação profissionalizantes como os que já ocorreram nas áreas de turismo rural e gestão social. O empreendimento já conta com a instalação de internet, telefonia rural, duas bibliotecas e um cinema rural. Em breve será implantada feira da agricultura familiar, abastecida com produtos trabalhados na comunidade.

Maracujá 07-02.jpgCaju – A expansão da cultura do caju começa pelo município de Bernardino Batista, no Alto Sertão, onde devem ser contemplados 50 agricultores com 10 mil mudas de caju precoce, variedade CCP- 76, produzidas pela Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), integrante da Gestão Unificada (Emepa/Interpa/Emater).

A iniciativa é fruto de um convênio firmado entre a Emepa-GU e a Prefeitura Municipal de Bernardino Batista e vai beneficiar inicialmente 200 famílias agricultoras das comunidades do Alto da Boa Vista, Baixio dos Galdinos, Barbosa, Boré, Bulandera, Cabeça, Cacimbas, Cafundó, Cosmo de Brito, Egídio, Mariano, Ponta da Serra e Serra do Padre.

Voltar para o topo
Gestão Unificada - A Gestão Unificada, integrada pela Emepa-PB, Interpa-PB e Emater-PB